domingo, novembro 04, 2007

Bomba Relógio


Perdoe-me mais uma vez não era minha intenção ser tão rude.
Reconheço que às vezes ser gentil não é minha melhor virtude.
Sempre quis te dizer a verdade mais nunca tive oportunidade.
Sobre a minha doença crônica não te contaram nem a metade.

Em mim há uma bomba relógio em contagem para explodir.
Implorar e receber o teu perdão é o único jeito de impedir.
Não consigo dormir fico pensando em me acertar com você.
Vou morrer se não nos acertarmos antes do dia amanhecer.

Perdoe-me por ter escondido de você está difícil realidade.
Admito que comunicação não é a minha melhor qualidade
Pensei em mil maneiras de te expressar meu sofrimento.
Do meu problema pessoal não te contaram nem o começo.

Em mim há uma bomba relógio em contagem para explodir.
Implorar e receber o teu perdão é o único jeito de impedir.
Não consigo dormir fico pensando em me acertar com você.
Vou morrer se não nos acertarmos antes do dia amanhecer.

Perdoe-me prometo sempre jogar limpo daqui para frente.
Assumo que em nenhuma ocasião você sai da minha mente.
Estar do seu lado é tudo o que preciso, é o que mais quero.
Sobre a minha vida você nunca mais saberá por terceiros.

2 Comments:

Blogger catii said...

Muito bom o texto =)

9:22 AM  
Blogger darkest poet said...

excelente poema =)

2:34 PM  

Postar um comentário

<< Home