sábado, junho 07, 2008

Justamente como eu


Você já sentiu um profundo vazio por dentro?
Já se sentiu só mesmo tendo muitos por perto?
Já sentiu um grande ardor vindo do seu coração?
Justamente como eu, você é vitima da solidão.

Você já pensou em jogar tudo para o alto?
Já sentiu vontade de passar o dia todo deitado?
Já sentiu uma amargura profunda no seu coração?
Justamente como eu, você está em depressão.

Você já olhou para os céus, em busca de ajuda?
Já sentiu que só um milagre resolveria sua vida?
Já sentiu que precisa mesmo de uma grande luz?
Justamente como eu, você precisa de Jesus.

Você já folheou sedento o famoso bom livro?
Já procurou por uma palavra que te desse alivio?
Já recitou em voz alta o salmo 23 e o salmo 125?
Justamente como eu, precisas do Santo Espirito.

4 Comments:

Blogger Zek said...

Nossa você foi profundo agora... já senti tudo isso, na real acho que sinto sempre.... Deus tem dado muita criatividade e suavidade para você, vejo que é praticamente um pregador!!!!
Continue firme amigo, teus poemas são um Oásis para min.

1:06 PM  
Blogger DESAFIANDO OS CAMBIADORES EVANGELICOS said...

Oh Fabinho, quer dizer que você é poeta hem? Escondendo os talentos né? Peguei o endereço do teu Blog na comunidade e passei por aqui para dar uma espiadinha, estou gostando, meus parabéns!!!

4:50 PM  
Blogger Vivi's alma! said...

Isso é estar vivo...embora parece definhar


Namaste

3:41 PM  
Anonymous Anônimo said...

Boa noite, meu nome é Paulo, sou poeta e gostaria de colocar uma poesia ou pensamento seu no meu site na parte: POETAS-GERAL. Caso autorize deixe um recado com seu nome no meu site e eu escolho a poesia no seu site(blog). Acesse meu site e deixe seu recado: www.aprendizdeliterato.webnode.com

8:13 PM  

Postar um comentário

<< Home