quinta-feira, março 30, 2006

Menina Misteriosa


Era só mais uma noite de sábado, sempre a mesma rotina.
As mesmas pessoas os mesmos assuntos, a mesma sina.
Ao chorar as magoas o travesseiro molhava com lágrimas.
Foi quando ela se aproximou, com seu olhar me encantou.
Com seus braços me envolveu a noite me protegeu.

Era só mais uma noite de sábado, sempre a mesma dor.
As mesmas pessoas os mesmos assuntos o mesmo calor.
Ao chorar as magoas o travesseiro molhava com lágrimas.
Foi quando ela se aproximou, com fervor me desejava.
Com seu corpo me aqueceu por toda madrugada.

Menina misteriosa, com quem eu errei.
Ao te procurar no dia seguinte não achei
Menina misteriosa um beijo e nada mais?
Meu espírito me condena, minha carne quer mais.

Era só mais uma noite de sábado, as mesmas lamentações.
As mesmas pessoas os mesmos assuntos, as mesmas ações.
Ao chorar as magoas o travesseiro molhava com lágrimas.
Foi quando ela se aproximou seu beijo me cativou.
Com seus lábios carnudos e macios quase me tragou.

Menina misteriosa com você o alvo errei.
Na manhã seguinte do meu lado não a achei.
Menina misteriosa um beijo e nada mais?
Meu espírito me condena, minha carne quer mais.

Era só mais uma manhã de domingo, a mesma sensação.
As mesmas pessoas os mesmos assuntos, as mesmas orações.
Ao chorar as magoas o travesseiro molhava com lágrimas.
Foi quando ela se aproximou arrependida se mostrou.
Com suas mãos postas pediu perdão e me abraçou.

Menina misteriosa com você eu aprendi.
A lição que nunca esqueci
Menina misteriosa um beijo e nada mais?
O racional me condena, o irracional quer mais.

Era só mais uma noite de sábado.........................

5 Comments:

Anonymous Kelinha said...

Fabinho, das q eu li essa foi a q eu mais gostei! Mt bom msm! Bjos

9:08 AM  
Blogger Krystal said...

"todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite..."

depois do sábado à noite, o poema do Fabinho.

Amei.

Tu sabe q eu aprecio demais o que vc escreve neh...

super abração!!

5:43 PM  
Anonymous Deisy said...

"A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar duram uma eternidade."
FELIZ DIA DO AMIGO !
Beijos

6:13 PM  
Anonymous T@my said...

Nossa, Fabinho, cada vez que leio uma das tuas obras me surpreendo...
Gostei demais da anterior!! "Amor Reduntante"

Isso sim é obra de arte xD

1:57 PM  
Anonymous Marcos Distarnish said...

DA PACEM DOMINE!

Também conheço uma mina misteriosa
Só que não cheguei a beijá-la...
Flw man

METAL BLESSINGS!!!

1:56 PM  

Postar um comentário

<< Home