quinta-feira, maio 19, 2005

Quéren Hapuque


Quéren Hapuque teu olhar me conquistou.
Olhar como o de pomba, suave como uma flor.
Seu amor inocente e inconseqüente.
Queima meu coração como um fogo ardente.

Quéren Hapuque teu olhar me hipnotizou.
Olhar como o de serpente, paralisado me deixou.
Seu jeito suave de falar, sua rouquidão.
Entram nos meus ouvidos como suave canção.

Quéren Hapuque teu olhar me encantou.
Olhar como o de uma donzela, mudo me deixou.
Suas mãos macias, seu abraço gostoso.
Ainda sinto teu calor no meu corpo.

Quéren Hapuque teu olhar me cativou.
Olhar como o de princesa egípcia, apaixonado estou.
Dos seus olhos pintados, castanhos escuros.
Não consigo parar de lembrar um segundo.

7 Comments:

Anonymous Junia said...

Puxa Fabinho... muito bonito, e eu me sinto lisonjeada, mesmo que a poesia não seja para mim. Fico feliz de ter ajudado, rs... beijossss

1:06 AM  
Blogger Krystal said...

Mto legal mesmooo... ótimo poema como sempre... abraço

10:58 AM  
Anonymous luciana said...

esse olhar naum é dela naum, é da junia moço rsrsrs.


Adorei o poema, tem mais naum?

10:02 PM  
Anonymous Cintia said...

Hummm...tá apaixonado hein?!?! rs

Muito lindo!!! Parabéns!!!

um bjo


12:21 PM  
Anonymous Anônimo said...

Fiquei até emocionada rsrsrs pq meu nome é Quéren hehehe sei q ñ foi pra mim mais achei Lindo mesmo

8:54 AM  
Blogger Thiago/thiaguitar said...

Muito chique Salomão moderno.

2:54 PM  
Anonymous Anônimo said...

Nossa muito legal,meu nome tb e Queren-Hapuque,nao foi pra min mais como eu sou morena ate se encaixa.

4:26 PM  

Postar um comentário

<< Home